HELP FILE


Como usar o conector ServiceNow/Rescue

Os artigos relacionados a personalização são redigidos para um público técnico com experiência no desenvolvimento web. É necessário ter conhecimento de HTML, CSS e JavaScript.

Os técnicos devem seguir essas etapas para aproveitar a integração ServiceNow/Rescue.

As instruções abaixo também se aplicam ao usar o tipo de registro Caso.
Nota: é necessário um suplemento separado para o recurso de casos.
Nota: para usar o conector ServiceNow, você precisa ter pelo menos as funções “soap_upate” e “itil”.
  1. No ServiceNow, crie e salve um novo incidente.

    Importante: O incidente deve ser salvo no ServiceNow antes que um PIN do Rescue possa ser gerado.

  2. Clique em Generate LogMeIn PIN (Gerar PIN do LogMeIn).

    Resultado: A janela Generate LogMeIn PIN (Gerar PIN do LogMeIn) é exibida.

  3. Insira seu nome de usuário e senha do LogMeIn Rescue.
  4. Insira a senha do ServiceNow.

    Resultado: Se você inserir uma senha do ServiceNow inválida, o PIN será gerado, mas, quando a sessão for encerrada, o registro de atividades será enviado por e-mail para o técnico em vez de ser sincronizado com o ServiceNow.

  5. Clique em OK.

    Resultado: Será gerado um PIN do LogMeIn Rescue. Dependendo da configuração do e-mail, o técnico receberá um e-mail com o PIN e verá um pop-up no ServiceNow, e o cliente receberá um PIN com um link para criar uma sessão do Rescue.

    Lembre-se: o recebimento de um e-mail com o código PIN também depende das configurações relacionadas na página Settings (Configurações) da integração do Rescue com o ServiceNow. Consulte a seção Configurar o ServiceNow do artigo Configurar o LogMeIn Rescue.

  6. Gerencie a sessão no Rescue.

    Resultado: Após o término da sessão, as seguintes informações são sincronizadas do Rescue para o ServiceNow:

    • Toda a janela de bate-papo
    • Todo o histórico e ações da sessão
    • Todas as informações inseridas na guia Notes & History (Anotações e histórico) durante a sessão

Dica: Atualize o incidente do ServiceNow para ver as informações sincronizadas.